prevalência do negociado sobre o legislado | Aldair Lazzarotto